Mais informação, Maior e Melhor proteção

Num mercado cada vez mais concorrencial, impõe-se uma gestão da informação empresarial também ela mais precisa, mais segura e que permita um acesso com maior rapidez e exatidão. A juntar aos imperativos de negócio, estão novas ofertas e conceitos tecnológicos como o big data, a cloud ou a IoT que trazem uma nova forma de olhar para os dados ao mesmo tempo que asseguram vantagens às quais as empresas não podem mesmo dizer que não.

Do lado dos fornecedores de TI, Alexandre Pereira, responsável pela unidade de Data Management & Protection da Noesis, afirma que esta é uma realidade há muito percebida e patente na oferta da empresa que, neste campo, tem acompanhado as necessidades dos seus clientes através de uma parceria ampla com a Fujitsu e que lhe permite também tirar partido da tecnologia Commvault em matéria de proteção de dados.

Tecnologias à parte, quando se fala de enquadramento legal, não se pode mesmo fugir às regras definidas pela União Europeia e transpostas posteriormente para o quadro jurídico nacional. Drª Inês Antas de Barros, advogada associada coordenadora da Sociedade Vieira de Almeida e Associados aponta a recente aprovação de um novo regulamento geral europeu para proteção de dados que vem substituir "a anterior diretiva" impondo "obrigações muito específicas ao nível do consentimento e da informação" dos dados.

Descarregue o PDF para ler a entrevista completa

Drª Inês de Barros, Advogada coordenadora Vieira de Almeida e Associados

"O novo regulamento europeu tem regras muito apertadas e implica quase uma revolução nas questões de proteção de dados".

 

Alexandre Pereira, Responsável pela unidade Data Management & Protection da Noesis

"A correta catalogação da informação permitirá associar facilmente a privacidade e os niveis de segurança necessários"