“A implementação de ferramentas de suporte à qualidade nasce naturalmente como suporte a um processo de trabalho e deve envolver equipas a jusante e a montante (desenvolvimento e utilizadores). Só assim pode funcionar. É necessário integrar todos os intervenientes no ciclo de desenvolvimento e incluir os utilizadores finais  .”
José Manuel Pinheiro dos Reis
DSI | DGPRC – Área de Testes e Formaçao, Fidelidade

Desafio

A Direção de Sistemas de Informação (DSI) da Fidelidade integra uma área de testes e formação, responsável pela gestão da qualidade dos SI.

Por forma a otimizar os processos de certificação do software e a gestão dos testes de aceitação, foi tomada a decisão de implementar novas ferramentas para otimizar a gestão do processo de testes, nomeadamente para integrar a gestão de incidências com casos de testes.

Esta decisão foi tomada numa ótica de evolução alinhada com as melhores práticas e após um diagnóstico dos processos de qualidade.

Solução

Para a otimização da gestão do processo de testes, a Fidelidade definiu como requisitos basilares uma implementação ágil e com foco no processo. Em consequência, foi decidida a escolha de ferramentas open source: Testlink (gestão de testes e planos de teste) integrada com o Mantis (gestão e rastreamento de incidências). Os benefícios destas ferramenta, para a Fidelidade, foram decisivos na escolha feita e são os seguintes:

  • Maior integração do trabalho entre as equipas;
  • Impacto significativo ao nível dos utilizadores: houve uma boa adesão por parte dos utilizadores e perceção de ganhos. O objetivo é a qualidade detetar dois terços dos erros, reduzindo a participação dos utilizadores;
  • Otimização de controlo dos testes dos utilizadores: maior conhecimento da cobertura dos testes e maior rapidez nos pontos de situação. Os testes de aceitação ganharam qualidade;
  • Redução do risco (em cobertura e prazo): melhor monitorização do plano de testes dos utilizadores, permitindo agir atempadamente;
  • Reutilização de casos de testes;
  • Para a equipa de qualidade houve um ganho muito grande em termos de antecipação e rigor nos procedimentos de testes
    e maior qualidade nos casos de testes.

Para realizar o projeto de implementação do Testlink + Mantis , em 2012, a Fidelidade escolheu a NOESIS, essencialmente pelas referências que tinham as outras seguradoras e pelo conhecimento demonstrado nesta área. 
O projeto foi realizado com sucesso, tendo a Fidelidade toda a equipa de testes a usar diariamente as ferramentas de gestão de testes e de gestão de defeitos sugeridas e implementadas em parceria com a NOESIS.

Resultados

A bem sucedida implementação da ferramenta permite a sua utilização pela equipa de desenvolvimento, ajudando a criar condições para poderem executar de forma mais eficaz e eficiente os testes integrados. Os benefícios esperados com a adoção de um serviço de Managed Services foram alcançados. Para a Fidelidade, os mais relevantes e a destacar são:

  • Integração da gestão de testes com a gestão de defeitos;
  • Repositório único de testes e de defeitos;
  • Maior facilidade em associar erros de software aos respetivos testes;
  • Disponibilização de relatórios de execução de testes e de defeitos abertos.